PRK é um suplemento natural indicado a:

  • Estados de nervosismo, ansiedade e depressão
  • Proteção cerebral
  • Manutenção das funções cerebrais e neurais
  • Melhora a acção dos neurotransmissores 
  • Aumenta a capacidade de funcionamento cerebral
  • Estados de tremores
  • Parkinson
  • Melhora a saúde emocional

 

Lecitina de Soja 

Recentes pesquisas científicas têm demonstrado que a lecitina de soja tem a capacidade de melhorar a memória, por meio de estímulos ao cérebro. Em outras palavras, ela ajuda a diminuir a perda da memória relacionada ao envelhecimento.

 

Ginkgo Biloba
Melhora a concentração e a memória: Os neurônios precisam produzir uma substância para que o cérebro fique ativo, a acetilcolina. Para que essa substância se forme, a colina precisa entrar dentro dos neurônios. O ginkgo biloba age facilitando a entrada da colina na acetilcolina. Assim, pesquisas apontam que o ginkgo biloba ajuda a melhorar a memória e a atenção em pacientes idosos.

Melhora a circulação sanguínea no cérebro: Por contribuir para a melhor circulação em todo o organismo, o fluxo de sangue para o cérebro também ficará maior. Assim, o ginkgo biloba pode ajudar em casos leves de labirintite e quando a pessoa sente tontura. Adicionalmente, pode ser utilizado como estratégia terapêutica complementar diante de quadros de enxaquecas.

 

Mucuna Pruriens

Mucuna é uma das maiores fontes naturais de um aminoácido chamado L-Dopa (Levodopa), um precursor essencial para o neurotransmissor dopamina.

Manter níveis adequados de dopamina é essencial para nutrir as funções mentais, a saúde emocional, o sono, a memória, as habilidades motoras e a coordenação muscular.

Este aminoácido, o L-Dopa, é um composto conhecido por melhorar o humor e é frequentemente ingerido como suplemento natural para a depressão e a ansiedade, visto que estimula a produção de dopamina no cérebro.

Para relembrar, a dopamina é um neurotransmissor muitas vezes referido como “hormona do bem estar”. Ele é produzido pelo cérebro quando estamos bem ou como mecanismo de recompensa do organismo e pode ser naturalmente estimulado através de várias atividades gratificantes como dançar, fazer e através de experiências sexuais prazerosas.

Ele é um intermediário da noradrenalina, um neurotransmissor que ajuda a regular o sono, além de estimular também a produção do GH (hormona do crescimento).

O L-Dopa é metabolizado em dopamina tanto pelo coração quanto pelo cérebro e seu uso pode ser muito útil para todos os indivíduos com problemas nervosos e transtornos de ansiedade que podem levar a doenças neurodegenerativas graves ou à redução da capacidade cognitiva.

 

Os benefícios da Mucuna Pruriens para o cérebro

Pesquisas sugerem que a mucuma protege o cérebro mantendo as funções cognitivas e neurais saudáveis, além de melhorar as atividades neurais. Tais benefícios são asociados à sua ação antioxidante.

O mecanismo físico por trás da sua ação é o seguinte: Todos os radicais livres têm um elétron desemparelhado que os torna instáveis no corpo humano. Os antioxidantes são capazes de adicional um elétron para a molécula de radical livre e assim neutralizar seus efeitos, particularmente sobre o cérebro.

O L-Dopa, aminoácido encontrado na mucuna, melhora a ação de neurotransmissores responsáveis por processos fundamentais do cérebro, além de dar ao cérebro mais capacidade de criar compostos necessários para o seu funcionamento.

O L-Dopa também é essencial na produção de dopamina e noradrenalina. Neurotransmissores ligados à sensação de humor, energia, prazer e motivação.

A Mucuna também é reconhecida por aumentar a agilidade mental e melhorar o nível de foco e concentração de uma forma diferente da cafeína. A ingestão de cafeína por algumas pessoas ou de acordo com a quantidade pode levar à ansiedade e ao nervosismo. A Mucuna Pruriens, ao contrário, pode acalmar os nervos do cérebro e promover ondas cerebrais estáveis e rítmicas semelhantes às emitidas pelo cérebro durante o sono e em momentos de serenidade.

 

Benefícios do uso de Mucuna Pruriens para tratar doença de Parkinson

O extrato de sementes de Mucuna Pruriens tem sido muito utilizado pela medicina tradicional indiana Ayurveda, para tratar diversas doenças, incluindo a doença de Parkinson. O L-Dopa presente na mucuna afeta positivamente o metabolismo da dopamina no sistema nervoso. Este neurotransmissor ajuda a melhorar os sintomas do Parkinson em seres humanos.

Isto se dá porque a doença de Parkinson é caracterizada pela produção parcialmente diminuída de dopamina e a Mucuna Pruriens pode influenciar na regulação dos níveis de dopamina. Estudos preliminares indicam que a forma natural de L-Dopa da mucuna fornece resultados equivalentes, ou até melhores, em comparação com a mesma substância fabricada em laboratório. E melhor, sem os efeitos colaterais comuns causados pelos medicamentos sintéticos como náuseas, vômitos e movimentos musculares involuntários.

 

Estimula a liberação da hormona do crescimento

A ingestão do extrato de Mucuna contén L- Dopa, um aminoácido que contém substâncias quer podem estimular a liberação natural da hormona do crescimento. Esta hormona, também chamado de GH, é produzido pela glândula hipófise do cérebro e tem a função de estimular o crescimento em crianças e adolescentes. O GH também ajuda a regular os fluidos corporais, o crescimento dos músculos e óssos, o nível de açúcar e o metabolismo da gordura no organismo.

É interessante ressaltar é que ao estimular os níveis da hormona do crescimento pode haver impacto também na perda de peso devido ao estímulo mental associado. Além de regular o GH, que fortifica os músculos, melhora a coordenação, a agilidade mental e a força, o vínculo que a mucuna possui com a dopamina, traz também a sensação de bem estar e, com isso, o ânimo para as atividades físicas.

 

Benéfica no processo de recuperação de dependentes químicos

O stresse, o excesso de uso de estimulantes, o abuso de drogas legais e ilegais e o uso excessivo de álcool esgotam os níveis de dopamina no cérebro. Quando os níveis de dopamina baixam, o indivíduo tende a ficar excessivamente agitado e nervoso e ainda causar danos à produção de neurotransmissores no cérebro. O L-Dopa presente na Mucuna Pruriens ajuda a repor os níveis deficientes de dopamina nas pessoas em processo de recuperação do uso de de substâncias viciantes e ainda age restaurando as sinapses neuronais para níveis saudáveis.


Entre os benefícios já associados ao consumo do extrato das sementes de Mucuna Pruriens ainda podemos listar os seguintes:

  • Uma fonte natural de L-Dopa (levodopa), aumenta a dopamina no cérebro
  • Ajuda a relaxar o corpo diminuindo o stresses e a ansiedade
  • Aumenta a libido e revitaliza o sistema reprodutivo
  • Pode oferecer resultados semelhantes aos antidepressivos
  • Promove um sono melhor
  • Coadjuvante na recuperação de dependência de drogas
  • Melhora as funções cognitivas e de memória
  • Estimula a produção do GH e outras hormonas que ajudam a manter a juventude
  • Normaliza as habilidades motoras e age como relaxante dos movimentos musculares
  • Pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue
  • Promove a digestão
  • Ajuda a energizar o corpo naturalmente

 

PRK

35,90 €Preço
  • Tomar 1 colher de sopa, diluída em água, a uma refeição.

    Em caso de maior necessidade tomar 2 vezes ao dia.

Os melhores suplementos num só local.

Segredos da Saúde

Tel. 214 791 136

*para Portugal e ilhas
Portes grátis a partir de 30€*
0
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon

Telefone: ​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​+351 214 791 136

Segunda a sexta: 09:00h - 13:00h e 15:00h às 19:00h  

Sábado: 09:00h - 13:00h 

geral@segredosdasaude.pt 

facebook.com/segredossaude